quarta-feira, 14 de junho de 2017

A Capital dos Mortos 2 : Mundo Morto

Nome do Filme : “A Capital dos Mortos 2 : Mundo Morto”
Titulo Inglês : “The Capital Of The Dead 2 : Dead World”
Titulo Português : “A Capital dos Mortos 2 : Mundo Morto”
Ano : 2015
Duração : 72 minutos
Género : Terror
Realização : Tiago Belotti
Produção : Tiago Esmeraldo
Elenco : Lorena Aloli, Gustavo Serrate, Jazz Vasconcellos, Rany Fontelene, Morgana Santos Gama, Marília Mangueira, Ana Flavia Garcia, Renata Helena.

História : Cinco anos após ter se confrontado com os zombies, Lucas une forças com a traumatizada Denise. Juntos, eles tentam manter a sanidade, e sobreviver num mundo onde há coisas muito mais perigosas que zombies.

Comentário : Confesso que tinha mesmo que vir a este espaço comentar este filme, porque trata-se de uma obra dirigida por um crítico de cinema que eu admiro imenso, Tiago Belotti. Sempre que posso, eu assisto aos seus vídeos comentando os filmes que ele vai vendo. O primeiro filme desta história também foi realizado por ele, mas eu confesso que não gostei muito dele, talvez pelo facto de ser amador de mais, apesar da intenção ter sido boa, o primeiro filme não me convenceu. O mesmo não posso dizer deste segundo filme, ele também foi feito com um orçamento muito baixo, mas resultou melhor para mim, possivelmente porque a história me interessou mais. Foi como eu disse, este segundo filme resulta melhor porque tem um argumento mais bem elaborado e porque as personagens femininas são muito interessantes. Gustavo Serrate voltou a não convencer no papel de Lucas, apesar de estar melhor aqui, eu não comprei o drama do seu personagem.

Lorena Aloli, por seu lado, que viveu a Denise, teve a personagem mais rica do filme, durante o longa eu fiquei sempre a desejar que tudo desse certo com ela. Além disso, a miúda possui a melhor prestação da fita. O filme apresenta problemas claro, principalmente a nível técnico, por exemplo, ele é escuro demais. Gostei mais da banda sonora deste segundo filme do que no primeiro. Penso igualmente que aqui sente-se mais o clima de terror, eu vibrei com esta história, eu me senti parte da jornada da Denise e isso é muito bom. Repito, para um filme quase sem verbas, com poucos recursos e que teve muitas ajudas, ele está muito bom, eu gostei bastante. Para além dos problemas técnicos, aquilo que eu menos gostei foi do destino destas meninas, é que nós investimos tanto nestas personagens e nos interessamos tanto por elas, para depois vermos os seus finais que são muito injustos, isso me desiludiu imenso. Mas pronto, valeu o esforço. Um último reparo, eu adorei os zombies deste filme, é precisamente assim que eles deviam ser em todos os filmes do género. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário