domingo, 2 de abril de 2017

100 Metros

Nome do Filme : “100 Metros”
Titulo Inglês : “100 Meters”
Titulo Português : “100 Metros”
Ano : 2016
Duração : 109 minutos
Género : Drama
Realização : Marcel Barrena
Produção : Tino Navarro
Elenco : Dani Rovira, Karra Elejalde, Alexandra Jimenez, Alba Ribas, Clara Segura, David Verdaguer, Bruno Bergonzini, Manuela Couto, Marc Balaguer, Gael Diaz, Maria de Medeiros, Ricardo Pereira.

História : Ramon vê tudo ruir à sua volta quando recebe o diagnóstico de esclerose múltipla já em estado avançado. Dedicado à família e ao trabalho, não consegue imaginar-se dependente dos cuidados de quem quer que seja. Mas o corpo não pára de lhe dar sinais de debilidade e, a acreditar na avaliação dos médicos, dentro de um ano será incapaz de andar cem metros. Depois de uma fase de sentimento de derrota e autocomiseração, ele decide questionar as limitações do seu corpo. Ele inscreve-se numa prova de triatlo composta por natação, bicicleta e corrida. Com a ajuda do sogro, Ramon dá início a um treino em que se vê todos os dias sujeito a grandes esforços para tentar superar os seus limites.

Comentário : Depois de ter visto esta co-produção entre Portugal e Espanha, posso dizer que gostei daquilo que vi, é um filme que está muito bem conseguido em vários aspectos e que possui uma boa mensagem a tirar dele. O que aqui vemos é baseado numa história verídica, ainda assim não o consideraram um filme biográfico. É gratificante e emocionante acompanharmos o percurso de Ramon ao longo da fita, somos convidados a conhecer a trajectória deste homem, ficamos a conhecer a sua família, o seu emprego, os seus dramas e dificuldades, a sua doença, enfim, a sua vida. Não conheço a história original que inspirou este filme, mas penso que estamos perante uma boa adaptação para cinema de uma história que podia acontecer a qualquer um de nós. Não é fácil alguém ter que lidar com uma doença complicada, porque afecta profundamente os nossos quotidianos e as nossas vidas e o actor Dani Rovira conseguiu aqui nos transmitir na perfeição os dramas e problemas da sua personagem, grande prestação. O actor que desempenhou o seu sogro e a actriz que fez de sua esposa também estiveram impecáveis, bem como todo um grupo de secundários bastante competente. E Maria de Medeiros também deu um importante contributo ao filme, gostei imenso de a ter visto neste registo. E a grande mensagem incutida no filme é que, com grande esforço e sacrifício, conseguimos resultados. No fim, podemos contar com a aparição do verdadeiro visado e também com um genérico final muito original.

Nenhum comentário:

Postar um comentário