sábado, 11 de fevereiro de 2017

Live By Night

Nome do Filme : “Live By Night”
Titulo Inglês : “Live By Night”
Titulo Português : “Viver Na Noite”
Ano : 2016
Duração : 129 minutos
Género : Crime/Drama
Realização : Ben Affleck
Produção : Ben Affleck
Elenco : Ben Affleck, Elle Fanning, Zoe Saldana, Sienna Miller, Brendan Gleeson, Chris Cooper, Chris Messina, Robert Glenister, Matthew Maher, Titus Welliver, Max Casella, Remo Girone, Clark Gregg, Anthony Michael Hall, Chris Sullivan, Michael Mantell, Giuseppe Losavio, Peter Arpesella.

História : Nos Estados Unidos, entre os anos 1920 e 1933, foi aprovada a Lei Seca. Segundo essa lei, o fabrico, o transporte e venda de bebidas alcoólicas eram estritamente proibidas. Se, a princípio, essa medida foi bem vista e apoiada quase unanimemente, depressa deu origem a um comércio paralelo. Traficantes montaram esquemas onde lucravam com o negócio ilegal gerando riquezas inesperadas. Entre os bandidos que enriqueciam através do contrabando de bebidas proibidas estava Joe, o filho mais novo de um respeitável capitão da polícia de Boston. Toldado pelo poder e empenhado em enriquecer a qualquer custo, Joe vê-se enredado no crime organizado e nos seus esquemas de traição e vingança.

Comentário : Escrito, produzido, realizado e protagonizado por Ben Affleck, “Live By Night” é um razoável filme de gangsters que eu já tive a oportunidade de ver. Posso assegurar que gostei do filme, embora ache que ele é longo demais para a história que pretende contar. Entre as coisas que mais saltam à vista neste filme, destaque para a extraordinária recriação de época, tudo foi cuidadosamente pensado ao mínimo detalhe e eu achei tudo perfeito, com realçe máximo para os veículos e para o guarda-roupa. Na minha opinião, Ben Affleck é um bom actor e um bom realizador, disso não existem dúvidas. O homem não olha a meios para que as suas produções e participações sejam de qualidade, embora o meu filme preferido dele enquanto cineasta continue a ser o sufocante “Gone Baby Gone”. E neste seu novo filme, ele consegue uma boa prestação. Sienna Miller está fantástica neste registo enquanto que Brendan Gleeson e Chris Cooper têm aqui papéis aceitáveis e credíveis. Zoe Saldana vai muito bem, confesso ter gostado bastante do seu papel e da sua personagem. Já Elle Fanning também não desilude, apesar de aparecer pouco. No entanto, ela encanta com o seu ar angelical, existe uma cena em particular em que ela passa de um choro para um sorriso com um profissionalismo digno de uma grande actriz, é isso que ela é. O filme tem belíssimas imagens e para isso contribuem admiráveis planos aéreos. Podemos contar com cinco curiosos twists. O argumento peca por ser um pouquinho repetitivo. No geral, estamos perante um filme razoável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário