sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

American Honey

Nome do Filme : “American Honey”
Titulo Inglês : “American Honey”
Titulo Português : “American Honey”
Ano : 2016
Duração : 163 minutos
Género : Drama
Realização : Andrea Arnold
Elenco : Sasha Lane, Riley Keough, Shia LaBeouf, Arielle Holmes, Crystal Ice, McCaul Lombardi, Veronica Ezell, Chad Cox, Garry Howell, Kenneth Kory Tucker, Raymond Coalson, Isaiah Stone, Dakota Powers, Shawna Rae Moseley, Christopher David Wright, Summer Hunsaker, Brody Hunsaker, Chasity Hunsaker, Michael Hunsaker, Kaylin Mally, Laura Kirk, Will Patton, Daran Shinn, Sam Williamson, Bruce Gregory, Chris Bylsma, Andrea Fantauzzi.

História : Star é uma jovem sem nada a perder. Quando encontra um grupo de rapazes e raparigas que, como forma de sustento, viajam pelos EUA, a vender subscrições de revistas, decide juntar-se-lhes. Entre eles está Jake, por quem se apaixona e com quem vive uma relação muito peculiar. Star vê-se assim envolvida com um conjunto de inadaptados para quem as festas, o amor livre e a constante fuga às autoridades substituem a imposição de regras dos que se preparam para a vida adulta.

Comentário : Finalmente vi o filme “American Honey” e o balanço é bastante positivo. Já tinha gostado das três anteriores longas metragens da realizadora Andrea Arnold e, à quarta vez, ela consegue a proeza de voltar a acertar, os quatro filmes que ela realizou são todos bons. A cineasta sabe trabalhar com os seus elencos, sabe escolher os directores de fotografia e sabe mostrar tudo aquilo que pretende contar nas suas histórias. Em algumas criticas ao filme, pessoas a criticarem que o filme não prende, que o filme se arrasta, que é muito longo. Eu discordo de todas elas. Eu não estava nem aí para o filme ter quase três horas de duração e fiquei totalmente pregado ao ecrã, apesar de às vezes parecer que tudo gira às voltas e vai sempre parar ao mesmo local. De facto, tem um pouco disso, não existe um final digno para o filme em questão, embora a cena final tenha muito significado, mostra a total liberdade da protagonista.

A estreante Sasha Lane (a protagonista do filme) está simplesmente espectacular durante toda a projeção, tem a melhor prestação da fita e notou-se que ela se entregou quase totalmente ao seu difícil papel. Eu comprei direitinho os dramas da sua complexa personagem, não entendendo unicamente uma das suas atitudes logo nos primeiros minutos. Riley Keough faz aqui uma espécie de vilã do filme, mas não o suficiente para a detestarmos, gostei muito da sua personagem, ela é alguém forte e determinada, mesmo que o seu modo de vida seja condenável. Já Shia LaBeouf vai bem melhor do que nos blockbusters, ainda que a sua personagem não me tenha convencido, é como se eu não a entendesse, ou porque não tinha profundidade ou então simplesmente porque o seu Jake não sabe para onde ir. O filme tem belíssimas cenas e algumas sequências memoráveis, bem como uma atenção muito especial a alguns detalhes mínimos, algo que já vimos em filmes anteriores da realizadora como “O Monte dos Vendavais” ou “Fish Tank”. Para mim, “American Honey” foi um dos melhores filmes que o ano passado me facultou. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário