domingo, 18 de dezembro de 2016

Pára-me de Repente o Pensamento

Nome do Filme : “Pára-me de Repente o Pensamento”
Titulo Inglês : “Suddenly My Thoughts Halt”
Titulo Português : “Pára-me de Repente o Pensamento”
Ano : 2014
Duração : 100 minutos
Género : Documentário/Drama
Realização : Jorge Pelicano
Elenco : Miguel Borges.

História : Um actor decide passar três semanas com os actuais pacientes psiquiátricos do Centro Hospitalar Conde de Ferreira. Durante esse tempo, partilha com eles as conversas, as refeições, as terapias, o café e os cigarros. Ele pretende igualmente encontrar alguém para a sua peça de teatro.

Comentário : Possivelmente um dos melhores documentários portugueses que eu já tive a oportunidade de ver, a mim, este filme do realizador Jorge Pelicano convenceu-me na totalidade. Confesso que sou uma pessoa depressiva por natureza e estou por dentro de algumas das realidades de certas pessoas mostradas nesta peça. O filme começa bem e termina de uma forma ainda melhor, com uma fantástica metáfora visual. Não vou negar, simpatizei com todos os intervenientes deste filme, e estão incluídos todos os doentes mostrados. Seguimos com interesse as suas histórias, os seus receios e os seus problemas. A realização é boa, a maneira como está filmado encaixa perfeitamente no ambiente onde tudo está inserido. Além do mais, o cineasta mostra-nos com grande realismo, o ambiente de um hospital psiquiátrico. Gosto bastante dos filmes de Jorge Pelicano, ele tem um talento especial para mostrar realidades, o mundo real. Um dos doentes facilmente se destaca dos outros, confesso que gostava de o conhecer pessoalmente. A única coisa em que o realizador falha aqui é mostrar-nos o lado bom do hospital, ele nunca aborda o lado mau destes locais e sente-se claramente a falta disso. É fácil sentirmos empatia pelos doentes, eles têm feridas que não são visíveis, porque as suas feridas são interiores. Um dos melhores documentários já produzidos em Portugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário