sábado, 3 de dezembro de 2016

Ouija : Origin Of Evil

Nome do Filme : “Ouija : Origin Of Evil”
Titulo Inglês : “Ouija : Origin Of Evil”
Titulo Português : “Ouija : Origem do Mal”
Ano : 2016
Duração : 99 minutos
Género : Terror
Realização : Mike Flanagan
Elenco : Elizabeth Reaser, Annalise Basso, Lulu Wilson, Henry Thomas, Parker Mack.

História : Uma mãe viúva ganha a vida enganando os seus clientes com as suas falsas consultas do oculto. Até que um dia, decide comprar um estranho e perigoso jogo e leva-o para dentro de casa, despertando a atenção da filha mais nova. O passado daquela casa aliado ao facto da miúda estar possuída, transforma as vidas das três num verdadeiro inferno.

Comentário : Confesso nunca ter visto o primeiro filme, porque li algures que é muito mau e só resolvi ver este segundo filme porque se trata de uma prequela, ou seja, conta acontecimentos que decorreram anteriormente aos da primeira fita. O filme é bom até ao início da segunda parte, a partir daí tudo muda e entra em piloto automático, nos facultando situações ridículas e outras que parecem não fazer sentido, para além de alguns erros básicos. E foi pena que assim tenha sido. Não gostei da prestação “seca” da actriz que desempenhou a mãe das miúdas. Já Annalise Basso e a pequena Lulu Wilson estão de parabéns, elas possuem prestações bem a cima da média para este tipo de produções. Também gostei da interpretação do actor que fez de padre. Se pensam que este filme explica a origem do mal associado ao famoso jogo, enganem-se, porque ainda torna tudo mais complicado. Sinceramente, não percebi qual a relação do médico nazi com o dito jogo, enquanto objecto. Trata-se apenas de mais uma história que nos é contada, igual a tantas outras. Repito, é na segunda parte do filme que tudo descarrila, tornando-se num rolo de situações ridículas e sem sentido, com erros e clichés. O filme vale essencialmente pela primeira metade e pelas prestações das duas miúdas. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário