domingo, 18 de dezembro de 2016

Maddie – A Verdade da Mentira

Nome do Filme : “Maddie – A Verdade da Mentira”
Titulo Inglês : “The Truth Of Lies”
Titulo Português : “Maddie – A Verdade da Mentira”
Ano : 2009
Duração : 60 minutos
Género : Documentário
Realização : Carlos Coelho da Silva
Produção : Manuel S. Fonseca/Ana Torres
Elenco : Gonçalo Amaral

História : Na noite de 3 de Maio de 2007, Madeleine McCann desaparece do apartamento onde passava férias com os irmãos e os pais. A investigação começou, mas nunca terminou, sendo tudo camuflado e abafado, e o caso dado como encerrado.

Comentário : Penso que foi há dois anos que um jovem de uma faculdade duvidosa foi responsável pelas mortes de uns quantos colegas na praia do Meco, devido a práticas estúpidas e criminosas que são conhecidas pelo nome de praxes. Com gente poderosa e influente que gere a faculdade e outras instâncias e devido ao silêncio de um jovem cobarde que recusa confessar-se responsável pelo que aconteceu às jovens vítimas, o caso foi encerrado. Passou-se o mesmo com outros casos, mas o mais flagrante e aquele que mais se falou foi o de Madeleine McCann. Pessoalmente, fiquei chocado com este caso e mais ainda com a maneira como tudo foi tratado. Com o “peixe graúdo” e altos interesses envolvidos, também este foi um caso com imensa coisa camuflada e abafada, acabando por ser encerrado, numa altura em que estava quase a ser descoberta quase toda a verdade pelo inspector Gonçalo Amaral. Neste documentário, o inspector da PJ apresenta a sua versão do caso e de como tudo terá ocorrido naquela fatídica noite. Ele escreveu um livro que deu origem a este filme, pela altura do encerramento do caso, ambos viram proibida a sua venda ao público, só esta atitude diz tudo. Claro que eu pertenço ao grupo daqueles que defendem a teoria de Gonçalo Amaral e, neste filme, tudo encaixa na perfeição, só não vê quem não quer. Quanto a tudo o que aconteceu durante todo este processo, quem esteve atento, saberá praticamente tudo.

A Minha Teoria : Na noite de 3 de Maio de 2007, os pais deixaram Maddie e os seus dois irmãos mais novos sozinhos a dormir no apartamento, os mais pequenos foram sedados para não acordarem. Maddie acordou e teve um acidente dentro do apartamento, batendo com a cabeça e morrendo. Quando os pais chegaram ao quarto, depois do jantar e do convívio deram de caras com a criança morta. Eles pensaram e pensaram muito, possivelmente até choraram. Colocaram o corpo da menina no armário e possivelmente o pai de Maddie deve ter levado o corpo da filha nos braços envolto numa manta em plena madrugada, possivelmente sendo visto por quem não deu a devida importância. Agora, para mim, o corpo de Maddie só pode ter tido 3 destinos : tenha sido muito bem escondido nas catacumbas da igreja; tenha sido enterrado algures no cemitério; tenha sido colocado no caixão de uma senhora morta que tinha cremação marcada para o mês seguinte, acabando a menina morta por ser também cremada juntamente com esse corpo. Durante esse tempo, o corpo fora congelado e podia estar num apartamento mistério que ficava perto do cemitério. Os pais e amigos fizeram as suas combinações, Inglaterra silenciou Portugal e impediu a nossa polícia de prosseguir o caminho até então, inventou-se teses, protegeram os pais da menina, lixaram a vida a Gonçalo Amaral, muita coisa foi camuflada e abafada e o caso foi encerrado por gente muito poderosa, enfim, não foi feita justiça à morte de Madeleine. Paz à sua inocente alma. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário