domingo, 18 de dezembro de 2016

Jogo de Damas

Nome do Filme : “Jogo de Damas”
Titulo Inglês : “Game Of Checkers”
Titulo Português : “Jogo de Damas”
Ano : 2015
Duração : 86 minutos
Género : Drama
Realização : Patrícia Sequeira
Elenco : Ana Nave, Ana Padrão, Fátima Belo, Maria João Luís, Rita Blanco, Óscar.

História : Cinco mulheres reencontram-se devido ao funeral de Marta, uma amiga em comum. Ao longo de uma noite, que decidem passar na casa de campo que Marta nunca chegou a inaugurar, as cinco amigas falam da vida, dividem segredos, recordam a amizade que as une e reflectem sobre a existência.

Comentário : Hoje tive a grande oportunidade e felicidade de ter descoberto este excelente filme. O elenco é praticamente todo feminino, tirando o cão que é macho e aparece poucas vezes. Até o realizador é uma mulher e ainda bem. As cinco actrizes estiveram muito bem, funcionam na perfeição seja individualmente, seja como um todo e é este o principal alicerce do filme. E enquanto personagens também funcionam. Na realidade, estamos perante uma pequena fita feita com poucos recursos, mas onde está tudo no lugar certo. Ana Nave como Maria parece estar alheia às coisas mas está por dentro do problema, nos oferece uma personagem bastante curiosa e tem na sua expressão facial o seu maior trunfo. Já Ana Padrão no papel de Dalila, no inicio fala pouco, embora perto do final revele que afinal era a mais próxima da falecida por causa de um motivo que eu não vou revelar. No papel de Ema, a actriz Fátima Belo tem aqui a personagem mais dramática do filme e, pouco depois da segunda parte, somos informados do porquê. Por seu turno e no papel de Ana, Maria João Luís faculta-nos uma das personagens mais importantes do grupo, ela é a mais adulta mentalmente e a mais velha das amigas. Finalmente, Rita Blanco faz de Mónica, das cinco ela é a mais racional, aquela que faz sempre tudo certinho. Ela tinha também uma relação muito especial com a falecida, ou não fosse esta a esposa do irmão dela. Um filme apenas destinado às mulheres e também aos poucos homens que compreendem estes fantásticos e maravilhosos seres, porque ao longo dos oitenta minutos de projeção, são ditas muitas e grandes verdades. Grande filme. Adorei.

Nenhum comentário:

Postar um comentário