sábado, 10 de dezembro de 2016

Closet Monster

Nome do Filme : “Closet Monster”
Titulo Inglês : “Closet Monster”
Ano : 2016
Duração : 90 minutos
Género : Drama
Realização : Stephen Dunn
Elenco : Connor Jessup, Jack Fulton, Sofia Banzhaf, Joanne Kelly, Mary Walsh, Marthe Bernard, Aaron Abrams, Aliocha Schneider, James Hawksley, Meghan Cullen, Isabella Rossellini, Jinji Dawson, Emma McIsaac, Paula Morgan.

História : Depois de ter passado por uma infância traumatizante, um adolescente enfrenta agora o início da fase adulta e anseia urgentemente morar num outro local, longe dos pais.

Comentário : Com o ano quase a terminar, confesso que não esperava mais nenhuma surpresa no que ao cinema diz respeito, claramente que não podia estar mais enganado. Este excelente filme canadiano surpreendeu-me pela positiva em todos os aspectos. Escrito e realizado por Stephen Dunn, aqui consta uma história trágica de um miúdo com um passado sofrível, que foi também abandonado pela mãe e negligenciado pelo pai, acabando indo parar a maus caminhos. E o rapaz até tem um talento especial para as artes. Mas às vezes, os filhos são destruídos pelos pais e é praticamente esta frase que resume a história deste filme independente. Connor Jessup e Sofia Banzhaf (a rapariga é linda) possuem as melhores prestações do filme, eles aqui são apenas amigos, embora ele não saiba muito bem como manter essa amizade. O protagonista tem uma relação muito peculiar com o seu hamster e sobre este animal, o realizador reservar-nos uma curiosa surpresa a cargo de uma excelente actriz. O elenco de secundários esteve muito bem, com destaque para o amigo e colega do protagonista que possui sexualidade indefinida. Trata-se de um drama intenso que aborda a adolescência de forma brilhante, bem como alguns dos problemas que os jovens da actualidade enfrentam. Adorei cada tema musical que ouvimos ao longo do filme. É uma fita que usa metáforas para mostrar o estado de espírito do personagem principal. Apesar de ter sido produzido no ano passado, é um dos melhores filmes de 2016. Adorei este filme. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário