terça-feira, 1 de novembro de 2016

La Tutora

Nome do Filme : “La Tutora”
Titulo Inglês : “The Tutor”
Ano : 2016
Duração : 115 minutos
Género : Drama/Mystery
Realização : Ivan Noel
Elenco : Malena Alonso, Valentino Vinco, Romina Pinto, Cristina Maresca, Julio Mendez.

História : Uma mulher é contratada por um homem para tomar conta e cuidar dos seus sobrinhos órfãos, acabando por encontrar dois adolescentes que possuem um modo de vida muito peculiar e interessante.

Comentário : Na noite de Halloween tive a grande oportunidade de ver este estranho filme que é o mais recente trabalho cinematográfico do cineasta argentino Iván Noel, que eu confesso que nada sabia dele, muito menos da sua existência. Antes de mais, tenho que dizer que adorei o modo peculiar como este realizador filma, adorei certos planos, bastante porreiros. Este é o seu sétimo filme, claramente que fiquei tão satisfeito com a fita que, num futuro próximo e quando se proporcionar, irei tentar ver os seus seis filmes anteriores. Ainda sobre o director, ele possui um modo de nos mostrar os sonhos da personagem do título muito próprio, confesso que nunca em filme algum me lembro de ter visto sonhos mostrados daquela maneira. Ao longo de quase duas horas, testemunhamos a história de uma mulher que é paga para cuidar dos sobrinhos de um homem que parece pouco importar-se com as crianças, mesmo depois da suposta morte acidental dos seus pais. Depois de terem assistido às trágicas mortes dos pais, as duas crianças passaram dois anos a viver como bem entenderam, sem ir à escola e passando o tempo entre a enorme habitação e a imensa floresta que cerca toda a mansão. 

O filme possui um denso clima de mistério que vai deixando várias perguntas à medida que os acontecimentos se vão dando. Eu próprio, coloquei-me a tecer hipóteses sobre o que se passaria com aquelas crianças e com aquela governanta idosa que cuida somente da enorme casa. O filme tem cenas muito interessantes e momentos igualmente cativantes, tudo devido ao bom argumento que nos envolve de uma maneira muito especial e nos deixa cheios de questões. O estilo de vida das crianças em si, é todo ele bastante interessante e levanta algumas questões, principalmente sobre o modo prejudicial como estamos a criar actualmente as nossas crianças. No papel de “protagonista”, Romina Pinto tem uma boa interpretação, ela convence com o seu desempenho de uma mulher que procura ajudar as crianças, embora a partir de um certo momento, nós nos apercebemos que a personagem esconde algo. Como governanta da mansão, Cristina Maresca chega a causar calafrios, principalmente a partir da altura em que começa a medicar a tutora. Mas as verdadeiras estrelas do filme são Malena Alonso e Valentino Vinco, as crianças que desempenham o casal de irmãos. Eu adorei estas duas personagens, além de serem muito bonitos e de possuírem uma forte presença no ecrã, são igualmente bons actores, tiveram excelentes prestações, são os principais alicerces da fita e a empatia entre a miúda e o rapaz funcionou na perfeição. São deles os melhores momentos do filme. Ivan Noel sabe trabalhar com crianças, coisa que poucos realizadores conseguem, principalmente nos Estados Unidos. Adorei o twist principal envolvendo a tutora, bem como o final. Um filme que levanta muitas questões.

Nenhum comentário:

Postar um comentário