domingo, 23 de outubro de 2016

Certain Women

Nome do Filme : “Certain Women”
Titulo Inglês : “Certain Women”
Ano : 2016
Duração : 107 minutos
Género : Drama
Realização : Kelly Reichardt
Elenco : Laura Dern, Michelle Williams, Kristen Stewart, Lily Gladstone, Jared Harris, James Le Gros, Sara Rodier.

História : As vidas de três mulheres parecem estar ligadas, ainda que de forma distante.

Comentário : Finalmente, consegui ver este filme que já me tinha despertado a curiosidade à bastante tempo. O filme é realizado por Kelly Reichardt, que já nos tinha dado filmes muito bons como : “River Of Grass”, “Old Joy”, “Wendy And Lucy”, “Meek's Cutoff” e “Night Moves”. Os temas principais do cinema desta cineasta são as relações pessoais, as viagens e os animais (especialmente cães). Todos os seus filmes possuem uma coisa em comum : o drama e esse elemento funciona muito bem em todos eles. A directora tem o mérito único de conseguir filmar as suas histórias de forma tranquilizante, nos mostrando os seus filmes de forma lenta, mas sempre cativante. Aqui, isso voltou a acontecer, o filme avança e corre a um ritmo lento, mas eu estava sempre na expectativa daquilo que viria a acontecer no momento seguinte.

Kelly Reichardt é uma realizadora que filma com calma, talvez seja essa a sua principal característica. Laura Dern, que é uma excelente actriz, tem aqui mais uma boa prestação. Com um aspecto muito acabado, a outrora linda Michelle Williams já viu melhores dias na arte da representação, ainda assim, possui aqui uma interpretação sólida. Kristen Stewart vê aqui cimentada a sua onda para papéis sérios, a sua intervenção no filme está bastante aceitável. Por outro lado, não gostei da prestação da actriz Lily Gladstone, penso mesmo que ela estava pouco à vontade na sua personagem e notei também uma certa falta de expressão. É claramente um filme que não agradará ao público jovem, mas irá satisfazer aqueles que procurarem um filme interessante, com personagens igualmente interessantes e com uma história também ela interessante. Em resumo, gostei deste filme, uma obra com um cunho pessoal muito forte. E é um filme realizado por uma mulher, o que lhe dá um gosto muito especial. Um último reparo, a realizadora dedica este filme à sua cadela Lucy, que falecera. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário