quarta-feira, 6 de julho de 2016

Wondrous Boccaccio

Nome do Filme : “Maraviglioso Boccaccio”
Titulo Inglês : “Wondrous Boccaccio”
Titulo Português : “Maravilhoso Boccaccio”
Ano : 2015
Duração : 121 minutos
Género : Drama/Histórico
Realização : Paolo Taviani/Vittorio Taviani
Produção : Luigi Musini/Donatella Palermo
Elenco : Paola Cortellesi, Carolina Crescentini, Vittoria Puccini, Kasia Smutniak, Jasmine Trinca, Eugenia Costantini, Miriam Dalmazio, Melissa Bartolini, Camilla Diana, Beatrice Fedi, Ilaria Giachi, Barbara Giordano, Francesca Agostini, Sonia Cavallini, Valentina Belle, Maria Teresa Campus, Silvia Frasson, Cristina Liberati, Matilde Piana, Enrica Rosso, Irene Vannelli, Nina Zampagni, Rosabell Laurenti Sellers, Flavio Parenti, Michele Riondino, Kim Rossi Stuart, Riccardo Scamarcio, Josafat Vagni, Fabrizio Falco, Nicolo Diana, Sergio Albelli, Roberto Andrioli, Rocco Gregorio, Niccolo Bocci, Gianluca Vannucci, Lino Guanciale, Leonardo Santini.

História : Na Florença (Itália) de 1348, as cidades da Toscânia foram assoladas pela peste. Um grupo de jovens, raparigas e rapazes, abriga-se numa remota mansão nas colinas que rodeiam a cidade. Vivendo em comunidade, decidem contar uns aos outros uma história por dia, para afastar dos seus espíritos a precariedade da sua situação.

Comentário : Razoável filme de época este realizado pelos mesmos realizadores que nos deram o fabuloso “César Deve Morrer”. Detentor de um enorme elenco e de um excelente guarda roupa, este filme tem igualmente uma banda sonora notável. Tem uma boa história central, simples, mas boa e que se reparte por outras tramas. O filme aborda a fuga de vários jovens para o campo, com a intenção de escaparem à peste negra e, para passarem o tempo, contam histórias uns aos outros. O modo é simples, quando um jovem começa a contar a sua história, a ação passa para a suposta história, mudam os atores e funciona tudo como uma espécie de flashback, regressando depois à história original, à dos jovens. Pessoalmente, não gostei de nenhumas das histórias contadas, embora aquela que mais me tivesse interessado fosse aquela que foi contada pela menina mais bonita do grupo dos jovens, a história do homem e da sua ave. Gostei do filme porque o argumento inicial é algo forte e a intenção dos cineastas foi boa. Além disso, gostei das interpretações de todos. Este filme de época faz ver a muitos filmes americanos do género, ficou tudo muito organizado, tendo uma excelente recriação de época. Um último reparo, este filme estreia no nosso país para a semana, duvido que desperte grande interesse e duvido ainda mais que se aguente mais que uma semana em cartaz, é uma obra muito diferente daquilo que estamos habituados e deverá aborrecer a quem o ver. Eu gostei. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário