quarta-feira, 6 de julho de 2016

Highway

Nome do Filme : “Highway”
Titulo Inglês : “Highway”
Ano : 2014
Duração : 134 minutos
Género : Drama/Aventura/Romance
Realização : Imtiaz Ali
Produção : Imtiaz Ali
Elenco : Alia Bhatt, Randeep Hooda, Durgesh Kumar, Pradeep Nagar, Saharsh Kumar Shukla, Hemant Mathur, Shakeel Khan, Reuben Israel, Arjun Malhotra, Naina Trivedi, Samar Mudasir Bakshi, Vikram Seth, Kavita Seth, Ranjit Batra, Sanjay Chauhan.

História : Veera é uma adolescente que está de casamento marcado. No entanto, ela acaba por ser raptada. Curiosamente, a miúda prefere os momentos em que viaja com os seus raptores pela estrada, do que propriamente a vida que levava antes. Veera prefere estar longe de tudo, ainda que a sua actual condição não seja a melhor.

Comentário : Se tivesse de resumir este filme indiano numa única palavra, seria : Perfeito. No fundo, trata-se de um road-movie indiano que aborda diversas temáticas. O filme fala de temas como a diferença de classes, o amor, a amizade, os laços humanos, a miséria, a podridão dos ricos e poderosos, as injustiças, a aventura e o drama em si, o abuso sexual de menores consentidos pelas mães, a liberdade, a natureza, as leis duras de uma cultura rígida, a indiferença face ao outro, um amor praticamente impossível dadas as circunstâncias embora seja possível perante a vida, entre outros temas menores mas igualmente merecedores de atenção. Os filmes indianos costumam ser longos e este não foge à regra, já o anterior “Neerja” era uma fita longa para a história que pretendia contar. Pessoalmente e em relação a este “Highway”, eu tirava algumas cenas e facilmente condensava tudo em duas horas certas. O filme possui cenas lindas, quase todas vividas pelo “casal protagonista”, mas a minha preferida é a que mostra a imagem em baixo, quando o “vilão” sorri para a miúda naquela estação de autocarros, muito lindo. 

Gostei da banda sonora, embora seja contra meterem legendas a traduzirem o que está a ser cantado. Apesar de uns poucos erros, adorei praticamente tudo neste filme indiano. Aquilo que mais gostei foi do argumento, da história em si, muito rica no que ao campo sentimental diz respeito. O filme mostra como, por vezes, as coisas na vida podem dar uma volta completamente e totalmente inesperada, às vezes para melhor, foi isso que aconteceu nesta fita, embora as coisas não tenham tido um final muito feliz. Veera é uma personagem muito poderosa e rica, a bonita e talentosa Alia Bhatt (nas duas fotos em baixo) foi quem deu corpo a esta fantástica personagem e o fez de forma perfeita, melhor seria impossível. Adorei a prestação da miúda, que grande profissional. Por seu lado, Randeep Hooda (protagonista masculino) esteve igualmente perfeito, adorei também o seu papel e o seu desempenho. O casal funcionou muito bem e a sua empatia foi notável. Veera foi uma personagem que eu percebi totalmente, entendi cada atitude sua, percebi a sequência passada em sua casa perto do final, e assimilei na perfeição o evoluir dela ao longo das quase duas horas e meia de duração. Vejo pouco cinema indiano, mas posso assegurar que este foi o melhor que já vi até hoje. Que grande momento de cinema, este filme é um hino ao amor e à liberdade. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário