quarta-feira, 29 de junho de 2016

The Fundamentals Of Caring

Nome do Filme : “The Fundamentals Of Caring”
Titulo Inglês : “The Fundamentals Of Caring”
Ano : 2016
Duração : 93 minutos
Género : Drama/Aventura
Realização : Rob Burnett
Produção : Rob Burnett
Elenco : Paul Rudd, Craig Roberts, Selena Gomez, Bobby Cannavale, Jennifer Ehle, Megan Ferguson, Julia Denton, Samantha Huskey, Ashley White, Frederick Weller.

História : Depois de ter sofrido uma tragédia, Ben tira um curso de acompanhante/cuidador de pessoas necessitadas. Seu primeiro cliente, Trevor, um jovem com distrofia muscular. Paralisado emocionalmente e fisicamente, Trevor tem uma mãe que se preocupa muito com ele, mas priva-o de muitas coisas. Um dia, Ben decide levar Trevor numa viagem estrada fora que tem como objetivo a concretização de um sonho do jovem. Após encontrarem no caminho uma linda jovem chamada Dorothy, os dois decidem dar-lhe boleia. Juntos e durante a longa viagem, os três vão compreender a importância da esperança e da verdadeira amizade, para além de crescerem enquanto seres humanos.

Comentário : Gostei bastante deste filme, uma obra que aborda o tema da amizade, um sentimento que pode surgir do nada e que preenche bastante as vidas das pessoas. Confesso que só à poucos dias, tive conhecimento deste pequeno filme independente e tive logo vontade de o ver, quanto mais não seja pelos temas e por ter como atriz principal, Selena Gomez, considerada por mim, a rapariga mais linda do mundo. Vi este filme durante a tarde do dia de hoje e confesso que me senti totalmente preso ao ecrã, sempre na expectativa daquilo que iria acontecer de seguida. Muito longe da palhaçada de “Ant-Man”, Paul Rudd tem aqui um bom papel, obtendo com ele uma grande prestação. No papel do segundo protagonista, o jovem Craig Roberts, surpreendeu-me imenso pela positiva, confesso que não era muito ligado aos filmes por ele interpretados, mas fiquei-lhe rendido, que desempenho fantástico. O mesmo se pode dizer da linda cantora/atriz Selena Gomez, adorei a sua Dorothy (Dot). A empatia dela com o jovem protagonista funcionou muito bem, fiquei fascinado com a química dos dois. O próximo filme dela, será uma fita histórica realizada pelo talentoso James Franco, onde fará o papel de uma trabalhadora da década de 1930. 

Quanto a este filme de noventa minutos que estou aqui a comentar, não podia deixar de referir também a excelente química existente entre Paul Rudd e Craig Roberts, os dois são o melhor do filme. O filme pode igualmente funcionar como uma espécie de road-movie, na medida em que os três protagonistas passam a vida a viajar de terra em terra, o próprio filme em si é sobre uma viagem. Gostei do argumento, nunca apela à lágrima e tem algum humor aqui e ali. Penso que a personagem grávida nada está a fazer no filme, a considero mesmo uma figura nula, aquela cena em que Ben faz o parto dela, é simplesmente patética. Pessoalmente, gostei bastante deste filme independente e lamentaria se ele não estreasse nas nossas salas de cinema daqui a alguns meses, porque o filme é muito bom. Um último reparo, o filme possui bonitas cenas que resultam em lindos momentos, tudo muito cordato, agradável e emocionante. Gostei bastante. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário