segunda-feira, 27 de junho de 2016

Risttuules

Nome do Filme : “Risttuules”
Titulo Inglês : “In The Crosswind”
Titulo Alternativo : “Crosswind”
Ano : 2014
Duração : 87 minutos
Género : Drama/Histórico
Realização : Martti Helde
Elenco : Laura Peterson, Tarmo Song, Mirt Preegel, Ingrid Isotamm, Einar Hillep.

História : Erna, uma estudante de filosofia, vive com o seu marido e a sua filha pequena em uma bela propriedade no campo, na Estónia, até que durante a Segunda Guerra Mundial, o país é invadido pelas tropas de Stalin. Erna e a filha são enviadas para uma fazenda de trabalhos forçados, junto com outras mulheres e suas filhas. A estudante tenta se comunicar com o marido, enviado para uma espécie de gulag, através de cartas.

Comentário : Vindo diretamente da Estónia, confesso ter gostado bastante deste filme que aborda o holocausto soviético. E o filme foi nos apresentado de uma forma única e diferente, só vi algo parecido no filme “O Moínho e a Cruz”, filme de 2011 realizado por Lech Majewski. “Risttuules” é daqueles filmes que nos deixam marcas, neste caso, pela maneira como o cineasta nos apresenta a sua longa metragem. Na realidade, trata-se de um filme histórico, sem diálogos, as falas que ouvimos são a “protagonista” a narrar as cartas que vai escrevendo ao seu marido, narrando também alguns acontecimentos e sonhos do passado. Depois o que temos são imagens dos atores parados, apenas as roupas e os cabelos mexem-se ao sabor do vento, e a camara vai atravessando-os constantemente e mostra o que se vai passando. Os únicos planos correntes são os do ínício do filme e penso que isso apenas volta a acontecer em mais dois ou três breves momentos em todo o filme. Pessoalmente, fiquei encantado com este pequeno filme, bastante surpreendido pela positiva. Mas confesso que não é filme para qualquer pessoa, esta é uma fita poética, muito bem elaborada, com o bónus de ser filmada a preto e branco. Isto é um filme muito alternativo, mas ainda bem que dei com ele, é impressionante como poucas pessoas podem fazer tanto mal a milhares de outros seres humanos. Este filme é um retrato cru e duro da verdadeira face do ser humano, grande filme. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário