terça-feira, 29 de março de 2016

Marguerite

Nome do Filme : “Marguerite”
Titulo Inglês : “Marguerite”
Titulo Português : “Marguerite”
Ano : 2015
Duração : 130 minutos
Género : Biográfico/Drama
Realização : Xavier Giannoli
Elenco : Catherine Frot, Andre Marcon, Michel Fau, Christa Theret, Denis Mpunga, Sylvain Dieuaide, Aubert Fenoy, Sophia Leboutte, Astrid Whettnall, Theo Cholbi, Vincent Schmitt, Martine Pascal, Jean Yves Tual, Gregoire Strecker, Lucie Strourackova.

História : Na França de 1920, Marguerite Dumont (Florence Foster Jenkins) é rica, megalómana e apaixonada por ópera. Convencida de que tem uma belíssima voz, todos os anos ela reúne no seu castelo um grupo de amigos para quem actua em privado. Ela canta e o público que escolheu para a aplaudir reage como se ela fosse uma autêntica diva. Quando um jovem jornalista provocador decide escrever um artigo entusiástico sobre a sua última actuação, ela encontra aí a coragem necessária para seguir o sonho. E tudo ganha novas proporções quando, apesar da relutância do marido, Marguerite decide organizar o seu primeiro recital perante uma plateia de estranhos.

Comentário : Gostei bastante deste filme biográfico sobre a cantora Florence Foster Jenkins, uma senhora da alta sociedade que pensava que sabia cantar bem e que ninguém, dentro do seu círculo, teve a coragem para lhe mostrar o contrário. Adorei a actriz Catherine Frot neste filme, ela possui a melhor prestação da fita. Além disso, é uma senhora muito bonita. Trata-se de um filme biográfico sobre a cantora Florence Foster Jenkins, onde o realizador procurou mostrar aquilo que supostamente se passou naquela altura. De facto, ela cantava muito mal. O filme segue sempre a um bom ritmo, eu senti-me penetrado na fita durante as duas horas de projeção. A narrativa está dividida em cinco capítulos, sendo o quinto aquele que se intitula “A Verdade”, no qual ela é humilhada no tal recital e, mais tarde, vê-se confrontada ao ouvir a sua própria voz numa gravação e aí, o desastre é total. Nota positiva para a recriação de época e para o guarda roupa. Este ano, vamos ter nas salas de cinema uma espécie de remake deste filme, com a grande actriz Meryl Streep no papel da péssima cantora protagonista. Quanto a este filme do realizador Xavier Giannoli, tenho que confessar que gostei. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário