sábado, 30 de janeiro de 2016

Freeheld

Nome do Filme : “Freeheld”
Titulo Inglês : “Freeheld”
Titulo Português : “Amor E Justiça”
Ano : 2015
Duração : 104 minutos
Género : Biográfico/Drama/Romance
Realização : Peter Sollett
Elenco : Julianne Moore, Ellen Page, Michael Shannon, Steve Carell, Luke Grimes, Gabriel Luna, Anthony DeSando, Skipp Sudduth, Josh Charles, Kevin O'Rourke, Tom McGowan, William Sadler, Dennis Boutsikaris, Mary Birdsong.

História : Laurel Hester, uma agente policial de New Jersey, vive em união de facto com a mecânica Stacie Andree. Mas quando a Laurel é diagnosticada uma doença terminal, o mundo de ambas começa a desmoronar-se. Laurel quer passar para Stacie os benefícios da pensão da polícia após a sua morte, mas a sua relação não é reconhecida pelas autoridades que disso tratam.

Comentário : Tenho que confessar uma coisa, após ter visto os primeiros quinze minutos deste filme biográfico baseado em factos reais, desisti de o ver. Porque pareceu-me muito inverossímil que duas mulheres aceitassem com muita facilidade o facto de ambas serem lésbicas perante elas e terem-se logo envolvido sexualmente daquela forma, foi tudo muito rápido. Mas, resolvi relevar isso e voltar ao filme. Penso que foi o que fiz de melhor, isto porque achei o filme razoável, dentro dos padrões que se insere, a fita está bastante aceitável. Outra coisa que não gostei no filme foi do grupo de Steven Goldstein e do próprio também passarem imensas cenas a gritarem a frase “You Got The Power”, confesso que tornou as coisas muito irritantes. Como aspectos positivos, gostei das prestações de Ellen Page e de Julianne Moore, apesar de preferir a prestação desta em “Still Alice”, mas neste “Freeheld”, estas duas atrizes tiveram uma boa química entre elas. Michael Shannon também esteve em condições, gostei do seu personagem. O filme possui ainda uma boa carga dramática, e isso verifica-se mais na última meia hora. Sem ser um grande filme, estamos perante uma obra razoável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário