terça-feira, 26 de janeiro de 2016

3

Nome do Filme : “3”
Titulo Inglês : “Three”
Titulo Português : “Três”
Ano : 2010
Duração : 119 minutos
Género : Drama/Romance
Realização : Tom Tykwer
Elenco : Sophie Rois, Sebastian Schipper, Devid Striesow, Angela Winkler, Annedore Kleist, Alexander Horbe, Winnie Bowe, Dominique Chiout, Marita Gerber.

História : Hanna e Simon possuem uma relação desde à muitos anos, mas as coisas começam a ficar gastas, o que gera problemas para ambos. Numa tentativa de fuga, os dois procuram conforto e algo novo no mesmo homem.

Comentário : Um dos filmes mais estranhos que vi, principalmente pelos temas abordados. Trata-se de um filme adulto que transmite uma mensagem igualmente adulta. Achei curiosa a personagem de Adam, alguém que se revela como sendo bissexual, tanto tem relações com Hanna, como as tem com o companheiro dela e o mais enervante é que nada comenta com cada um deles, embora ele desconheça o que um é ao outro. No fundo, até achei curiosa a situação deles, os dois membros do casal desconhecem que estão a ser traídos com o mesmo homem. Os três possuem prestações aceitáveis, sendo a atriz Sophie Rois, a que esteve melhor, mais à vontade no seu papel. O argumento é bastante curioso, apesar de eu não ter entendido o final, simplesmente é muito difícil de aceitar, embora eu admita que pudesse acontecer, as pessoas são mesmo doidas. Pessoalmente, tirava algumas cenas ao filme e abulia mesmo o tom cómico que por vezes aparece. A componente sexual é pela maioria das pessoas considerada como sendo essencial na vida do ser humano, mas eu discordo dessa opinião generalizada e vou mais longe, ao dizer que certas pessoas levam as coisas a patamares bem loucos e pouco aceitáveis. Gostei deste filme, mas confesso que podia ter gostado mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário