sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

The Theory Of Everything

Nome do Filme : “The Theory Of Everything”
Titulo Inglês : “The Theory Of Everything”
Ano : 2014
Duração : 124 minutos
Género : Biográfico/Drama/Romance
Realização : James Marsh
Elenco : Eddie Redmayne (Stephen Hawking), Felicity Jones (Jane Hawking), Harry Lloyd (Brian), Alice Orr Ewing (Diana King), David Thewlis (Dennis Sciama), Thomas Morrison (Carter), Emily Watson (Beryl Wilde), Simon McBurney (Frank Hawking), Lucy Chappell (Mary Hawking), Charlotte Hope (Philippa Hawking), Abigail Cruttenden (Isobel Hawking), Christian McKay (Roger Penrose), Enzo Cilenti (Kip Thorne), Charlie Cox (Jonathan Hellyer Jones).

História : Stephen Hawking é considerado um dos mais importantes astrofísicos de todos os tempos. Enquanto simples estudante, ele está disposto em encontrar uma eloquente explicação para o Universo. Depois de se apaixonar, é-lhe diagnosticada esclerose lateral amiotrófica, uma doença incurável e degenerativa que leva à perda permanente de movimento muscular. Os médicos não lhe dão mais de dois anos de vida. Com capacidades físicas cada dia mais limitadas, casa com a namorada, com quem vem a ter três filhos. Com a ajuda dela, ele supera os maiores obstáculos, sem nunca perder a vontade de viver nem a sua extraordinária capacidade de se maravilhar com a vida.

Comentário : Fiquei completamente maravilhado com este grande filme. Merece totalmente estar nomeado para melhor filme, porque será mesmo um dos melhores filmes de 2014. Adorei ficar a saber do trajeto de vida de Stephen Hawking e de tudo o que ele fez, principalmente a partir do momento em que conhece Jane. O final do filme é maravilhoso, em que ele mostra para ela as três melhores coisas que fizeram juntos, lindo. A interpretação de Eddie Redmayne é uma das melhores prestações que eu já vi num filme, facilmente ocuparia um Top 20. Também gostei muito de ver Felicity Jones e Charlie Cox neste filme, dois personagens adoráveis e muito humanos, principalmente ela que, sendo tudo verdade, foi uma grande mulher por ter ajudado Stephen durante metade da sua vida e em momentos cruciais. Fiquei mesmo comovido com este filme e, no final, quase me vieram as lágrimas aos olhos. No fundo, o filme conta a história real de alguém a quem deram dois anos de vida, mas que acabou por ter uma grande vida, por ser um grande homem. Que grande momento cinematográfico. A banda sonora também merece destaque, bem como o argumento extremamente bem trabalhado. Honestamente, nunca pensei que iria gostar tanto deste filme, muito bom.

Nenhum comentário:

Postar um comentário