quinta-feira, 16 de outubro de 2014

The Fosters 2

Nome do Filme : “The Fosters (Season 2)”
Titulo Português : “ Família de Acolhimento – 2ª Temporada”
Ano : 2014/2015
Duração : 858 minutos (20 Episodes)
Género : Drama
Realização : Brad Bredeweg/Peter Paige
Produção : Brad Bredeweg/Peter Paige
Elenco : Teri Polo (Stef Foster), Sherri Saum (Lena Adams), Jake Austin (Jesus Foster), David Lambert (Brandon Foster), Cierra Ramirez (Mariana Foster), Danny Nucci (Mike Foster), Maia Mitchell (Callie Jacob), Hayden Byerly (Jude Jacob), Kerr Smith (Robert Quinn), Bailee Madison (Sophia Quinn), Valerie Dillman (Jill Quinn), Alex Saxon (Wyatt), Amanda Leighton (Emma), Marla Sokoloff (Dani), Alicia Sixtos (Carmen), Lorraine Toussaint (Dana), Bianca Santos (Lexi), Nikki Hahn (young Callie).

História : Depois de ser acolhida em casa do casal de lésbicas composto por Stef e Lena, Callie ambientou-se à sua nova vida e até levou o seu irmão para morar com ela. Depois de meses a viver com os Fosters e partilhando experiências com Mariana, Callie foi também conhecendo o amor com um jovem rapaz, para além de se dividir entre este e o seu antigo amor. As coisas parecem mudar para Callie quando ela conhece o pai e descobre que tem uma irmã chamada Sophia. Agora, dividida entre duas casas e duas familias, os Fosters e os Quinns, Callie terá que crescer e tornar-se uma adulta responsável e senhora de si. Para isso, contará com a ajuda de todos. 

Comentário : Antes de mais, tenho que confessar que não gosto de séries. Em miúdo, adorei a série “MacGyver” e anos mais tarde gostei bastante da série “Dawson's Creek”, que acompanhei durante cerca de seis temporadas. Recentemente, acabei de ver a primeira temporada completa desta série (The Fosters – Familia de Acolhimento). É uma série de excelente qualidade sobre a fase mais complicada do ser humano – a adolescência. Mas também aborda as complicadas relações entre progenitores e filhos. Confesso que as relações entre seres humanos sempre me fascinaram e é precisamente dessa temática que esta série fala. Basicamente, é sobre duas lésbicas que estão a criar e a educar jovens. Se a coisa já era complicada, fica ainda mais dramática quando as duas mulheres acolhem no seio do lar uma adolescente cheia de problemas emocionais e com muitas carências a vários niveis, a jovem chama-se Callie e, mais tarde, convence as “progenitoras” a albergarem também o seu irmão que estava num lar de acolhimento e sofria maus tratos.

Recentemente, comecei a ver os primeiros episódios da segunda temporada desta série. Só vi os primeiros dez episódios, porque, por motivos da produção, este ano passaram os primeiros dez capítulos desta segunda temporada e, somente em inicios de 2015, irão passar os últimos dez episódios. 

Conhecia alguns atores, outros nem por isso. As adultas Sherri Saum e Teri Polo continuam muito bem. O elenco jovem também continua excelente, embora o destaque vá novamente para a bonita e talentosa Maia Mitchell (Teen Beach Movie e sequela). A miúda, além de ser linda, tem um talento impressionante para a representação e é a presença jovem mais forte da série, mas não é a única (já lá vamos). Na minha opinião, os pais deviam ver esta série, pois de certeza que iriam se rever em algumas situações passadas com os seus filhos. Nesta segunda série, tal como na primeira, encontra-se o drama humano e aprende-se que a vida é muito complicada. E estes jovens vão saber isso de uma forma não muito simpática, apesar de já terem tido experiências de vários niveis e de terem aprendido com isso. A série foca temas muito delicados, mas centra-se basicamente nos sentimentos. 

Depois temos uma das jovens principais do elenco que muda o seu aspeto visual. Estou a falar de Mariana Foster, que no inicio desta segunda série, pinta o seu lindo cabelo de loiro (ver primeira foto), pessoalmente, penso que Cierra Ramirez fica linda das duas maneiras. Se Maia Mitchell foi o maior destaque do elenco jovem da primeira temporada, nesta segunda série, partilha o protagonismo com a também famosa e excelente atriz Bailee Madison, embora esta não tenha o mesmo tempo de antena e tenha um protagonismo menor do que a amiga de profissão que brilhou nas duas séries. Mas tornaram-se boas amigas na vida real (podem ver pelas imagens). Os dramas continuam, o casal de lésbicas continua a dar o seu melhor e a facultar todo o seu amor aos jovens com quem partilham a habitação. Adultos e adolescentes estão de parabéns, fizeram todos um excelente trabalho nestas duas séries. Apesar de não ter visto os dez últimos episódios da segunda temporada, confesso que “The Fosters” é oficialmente, a minha série preferida. Maia Mitchell seguiu as pisadas de Selena Gomez. Depois de ter participado em algumas séries, aventurou-se com sucesso no cinema, embora tenha feito apenas os dois filmes da série “Teen Beach Movie” e um filme de ficção cientifica chamado “The Philosophers”. Mas foi em “The Fosters” que ela mostrou o quanto é uma excelente atriz. Quer na sétima arte, quer na vida real, Maia Mitchell já mostra o seu à vontade em frente às camaras, como mostram as duas fotografias em baixo. 


Em baixo fica o wallpaper oficial da série.

Nenhum comentário:

Postar um comentário