sábado, 20 de setembro de 2014

Odete

Nome do Filme : “Odete”
Titulo Português : “Odete”
Ano : 2005
Duração : 98 minutos
Género : Drama
Realização : João Pedro Rodrigues
Elenco : Ana Cristina Oliveira (Odete), Nuno Gil (Rui), João Carreira (Pedro), Teresa Madruga (Teresa), Carloto Cotta (Alberto), Maria João Falcão (Marisa).

História : Depois da morte de um vizinho, Odete fica obcecada com ele e embarca numa espécie de loucura que chega ao ponto de afirmar que está grávida, mais tarde mete na cabeça que quer ser ele.

Comentário : Trata-se de cinema de autor português, o realizador foca sempre a homossexualidade nos seus filmes, deve ser uma espécie de fetiche. Gostei deste filme, tal como havia gostado de “O Fantasma”. São histórias sobre pessoas, sobre os sentimentos humanos. A interpretação da protagonista está muito boa, Ana Cristina Oliveira está brutal. Nuno Gil também se destaca. Descobri alguns erros no filme, nada que estrague o todo. Tal como na maioria dos filmes portugueses, a qualidade do som é o principal problema da fita. O filme peca também por ter alguns exageros, apesar do realismo que o realizador pretender passar para fora da tela. Gostei daquele tema musical que acompanha às vezes a nossa protagonista e que também se ouve na passagem dos créditos finais. Este filme pertence àquele tipo de cinema que se enquadra numa categoria à parte daquilo que se filma no nosso país, mais afastado da componente comercial, é lamentável haver tão poucos deste género.

Nenhum comentário:

Postar um comentário