domingo, 15 de junho de 2014

Inland Empire

Nome do Filme : “Inland Empire”
Titulo Português : “Inland Empire”
Ano : 2006
Duração : 175 minutos
Género : Thriller/Drama
Realização : David Lynch
Produção : David Lynch
Elenco : Laura Dern (Nikki Grace/Susan Blue), Jeremy Irons (Kingsley Stewart), Justin Theroux (Devon Berk/Billy Side), Grace Zabriskie (Visitor 1), Ian Abercrombie (Henry), Karolina Gruszka (Lost Girl), Bellina Logan (Linda), Amanda Foreman (Tracy), Harry Dean Stanton (Freddie Howard), Emily Stofle (Lanni), Jordan Ladd (Terri), Kristen Kerr (Lori), Terryn Westbrook (Chelsi), Jamie Eifert (Sandi), Kathryn Turner (Dori), Michelle Renea (Kari), Mikhaila Aaseng (Tammi), Mary Steenburgen (Visitor 2), Charlene Harding (Roxi), Suzete Belouin (Mandi), Nastassja Kinski (The Lady), Julia Ormond (Doris Side), Laura Harring (Jane Rabbit).

História : Uma atriz é contratada para desempenhar o papel de uma mulher no novo filme de um realizador, filme esse que é na realidade, um remake de um outro filme cujos protagonistas faleceram durante as gravações. Aos poucos, a atriz contratada envolve-se com o ator principal do filme e inicia-se uma trama em que a realidade e a ficção se misturam.

Comentário : Os filmes de David Lynch são mesmo assim, ou se gosta ou se detesta. Eu gosto de alguns, talvez não aprecie os seus primeiros filmes, tipo o “Eraserhead”, um filme que detestei. Mas a seguir a esse estranho filme, este “Inland Empire” é o seu filme mais estranho. O filme praticamente não tem narrativa e eu confesso que me perdi lá pelo meio. Não é um filme fácil, tal como quase todos os filmes de Lynch. É um filme que não é para grande parte do publico. Houve até quem alegasse que “Inland Empire” era um filme apenas direcionado aos chamados intelectuais, devido à complexidade da obra. Muito sinceramente, não percebi grande coisa do que vi neste filme, raramente conseguia distinguir o que era a realidade daquilo que eram as filmagens do tal filme. Laura Dern é o principal foco do filme, está excelente, obtendo assim a melhor interpretação da fita. O filme está filmado de forma bastante peculiar, possui angulos de camara muito estranhos e bizarros. O filme demora quase três horas, talvez isso tenha sido um erro do realizador, duas horas bastavam, quero com isto dizer que algumas cenas não estão lá a fazer nada. Aquelas imagens que acompanham o genérico final são ridiculas. “Inland Empire” é daqueles filmes que, embora não sabendo, arriscaria a afirmar que deve ter estado em exibição no Cinema King, na altura em que estreou. Se tivesse em salas comerciais, nem uma semana lá se aguentaria.

Classificação do filme : 3.

Nenhum comentário:

Postar um comentário