sábado, 17 de maio de 2014

Godzilla

Nome do Filme : “Godzilla”
Titulo Português : “Godzilla”
Ano : 2014
Duração : 123 minutos
Género : Ficção-Científica
Realização : Gareth Edwards
Elenco : Bryan Cranston (Joe Brody), Juliette Binoche (Sandra Brody), Aaron Taylor Johnson (Ford Brody), Elizabeth Olsen (Elle Brody), Carson Bolde (Sammy Brody), Ken Watanabe (Dr. Ichiro Serizawa), Sally Hawkins (Vivienne Graham), David Strathairn (William Stenz), Victor Rasuk (Morales).

História : Após a trágica morte da esposa, um homem chega à conclusão que o governo esconde algo sobre aquele dia. Só muitos anos depois, ele percebe que tinha razão. Mas talvez seja tarde demais e a humanidade esteja condenada à extinção.

Comentário : Hoje fui ao cinema e vi este filme. Simplesmente, adoro filmes de monstros, mas têm que ser bem feitos. Nos últimos anos adorei filmes como “Monsters”, “Pacific Rim”, “Super 8”, “District 9”, “The Mist”, “Cloverfield” e até a nova versão de “King Kong”. Gareth Edwards já tinha feito um excelente trabalho no seu primeiro filme (Monsters) e voltou a triunfar. Para mim, este filme que nos oferece a nova versão do monstro é um excelente filme. O visual do monstro é assustador, mas ao mesmo tempo, apelativo e realista. O filme também possui uma excelente fotografia, grande parte da fita decorre à noite ou em ambientes escuros, cenas essas todas bem filmadas. É um filme que tem que ser apreciado numa sala de cinema, em casa, perderá algum do seu encanto. Os efeitos especiais estão espectaculares e as três criaturas estão extremamente bem concebidas e muito credíveis. Esta nova versão tem também muito realismo, coisa rara neste género de filmes.

O elenco mais conhecido está de parabéns, embora seja de lamentar que os mais conhecidos tenham pouco tempo de antena em papéis secundários. Apesar de ter tido uma presença curta no filme, Juliette Binoche esteve muito bem. Penso que este filme resultou também em parte porque o realizador não se deixou levar totalmente pelas matrizes de Hollywood, fugiu um pouquinho às regras dos blockbusters e facultou-nos uma obra diferente. Por vezes, parece que estamos a ver um filme independente, tal como “Monsters” o era. Achei uma estupidez os monstros alimentarem-se de energia, se são animais, não faz sentido. O filme soma pontos também porque não tem aquelas piadinhas ridiculas, típicas dos filmes americanos, ou se tem, serão muito poucas, nem dei por isso. Também gostei do facto dos americanos não serem heróis desta vez, mas sim os perdedores. O filme possui ainda uma mensagem muito poderosa, que basicamente apela a que o Homem não interfira com a Natureza, deixe as coisas seguirem o seu rumo natural. Talvez haja muita gente que não goste deste filme, ou porque as criaturas aparecem poucas vezes ou porque a fita foge bastante às regras de Hollywood. Saí mesmo realizado da sala de cinema com este “Godzilla”, para mim já é um dos melhores filmes do ano, o melhor blockbuster de 2014. Resta saber se os filmes “Jupiter Ascending”, “Interstellar” ou a terceira parte de “The Hobbit” estarão ao mesmo nivel.

Classificação do filme : 5.

Nenhum comentário:

Postar um comentário